Blog Home Baby Assessoria

Confira matérias e dicas no nosso blog :)
Categorias
Sem categoria

O primeiro brinco do bebê: o que você precisa saber para escolher

O primeiro brinco do bebê gera muitas dúvidas para mamães e papais de primeira viagem. Confira este artigo com dicas e informações sobre o que precisa saber para escolher.

De acordo com a legislação da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, é proibido furar a orelha dos recém-nascidos, na maternidade. Essa proibição procura evitar o risco de infecção e contaminação no ambiente hospitalar.

Atualmente, os papais que desejam colocar o primeiro brinco do bebê, precisam procurar um serviço especializado, com uso de materiais descartáveis e equipamentos específicos.

 

Quando colocar o primeiro brinco do bebê?

Muitos papais e mamães fazem essa pergunta. Bem, não há um consenso entre os especialistas sobre a idade ideal para furar a orelhinha do seu bebê.

Alguns apontam que pode colocar o primeiro brinco do bebê após 15 dias do seu nascimento. Mas, a maioria recomenda esperar o bebê alcançar 3,5 kg, uma vez que o lóbulo da orelha já estará bem formado.

Além disso, é importante aguardar o bebê completar pelo menos dois meses, pois haverá tomado as primeiras doses das vacinas. Com isso, seu bebê vai estar mais protegido contra infecções.

Como escolher o primeiro brinco do bebê

Muitas lojinhas de bijuterias disponibilizam brincos pequenos para os bebês, mas esses podem causar alergias e inflamações.

O primeiro brinco do bebê deve ser regularizado pela Anvisa, que permite que o procedimento seja realizado por serviço especializado com equipamentos e materiais descartáveis e específicos.

O ideal são os brincos de aço cirúrgico ou inoxidável, com a tarraxinha arredondada e ambos esterilizados. Os brincos precisam ser pequenos, arredondados e bem próximos à orelha para não enroscarem em roupas ou incomodarem seu bebê.

Muito cuidado mamãe e papai com joias da família. Brincos de ouro maciço também podem ser utilizados, mas precisam passar por um processo de esterilização.

Minha filha vai sentir dor?

Em geral, o furo na orelha dói menos dos que as vacinas, pois essa parte do corpo tem menos enervações e é formada basicamente de cartilagem.

Por isso, mamãe e papai, a dor que sua filha vai sentir é bem pequena.

Cuidados com a orelha do seu bebê

É importante que você, mamãe e papai, se atente para os cuidados com a orelhinha do seu bebê, durante 20 dias após o furo.

Afim de evitar inflações, é preciso lavar a região com água e sabonete específico de bebês. Depois do banho, é preciso secar bem.

Com as mãos esterilizadas, a mamãe ou o papai precisam limpar a orelha do bebê com álcool 70% e hastes flexíveis de algodão.

Outro cuidado fundamental é girar o brinco, uma vez por dia, suavemente. Além disso, tome bastante cuidado com colocar as roupas no seu bebê.

O processo de cicatrização dura, em média, 45 dias. No entanto, qualquer sinal de inflamação que o bebê apresentar, como orelha vermelha, quente ou com sinal de pus, é importante fazer a retirada dos brincos e procurar o pediatra do seu bebê.

Como escolher o profissional

É recomendado que a mamãe e o papai procurem profissionais capacitados para colocar o primeiro brinco do bebê, como a Home Baby Assessoria.

Uma empresa qualificada vai utilizar equipamentos esterilizados e com a higienização adequada. Está chegando a hora do seu parto? Que tal ter uma Doula do seu lado nesse momento tão especial e único? Clique aqui, e saiba agora mesmo como contratar a sua Doula.

Por Debora Criativando
Baixe nosso e-book

Cadastre-se e receba novidades

    Falar agora.
    Chamar no Whatsapp!
    Olá! Tudo bem?
    Está precisando de ajuda?