Blog Home Baby Assessoria

Confira matérias e dicas no nosso blog :)
Categorias
Sem categoria

Vitaminas para grávidas: Saiba quais podem ser consumidas

Durante os nove meses de gestação, a mulher sofre com diversas mudanças, que demandam alterações nos seus hábitos de vida. Uma dica rica em nutrientes é de fundamental importância para que as gestantes. Para promover o desenvolvimento do bebê de forma saudável, é essencial conhecer as principais vitaminas para grávidas.

O consumo de alimentos certos durante a gravidez precisa ser saborosa e balanceada. Além disso, ele garante a formação física e cerebral do bebê. Além disso, uma alimentação rica em vitamina preveni várias doenças comuns durante a gestação como diabetes e anemia.

Pensando nisso, confira as principais vitaminas para grávidas que devem ser consumidas durante a gestação.

Ácido fólico

O ácido fólico também é conhecido como vitamina B9. Seu consumo é recomendado para iniciar 3 meses antes do início da gravidez.

A vitamina B9 é responsável por reduzir o risco de malformações no tubo neural do feto e diminuir a chances da criança ter autismo.

O consumo do ácido fólico deve seguir até o terceiro mês da gravidez, que é quando encerra a formação do tubo neural. Além de suplemento, o ácido fólico pode ser encontrado em beterraba, flocos de milho, feijão, pão, arroz, ervilha, couve, agrião, grão-de-bico, massa e flocos de aveia.

Alimentos anticonstipantes

A constipação é um dos principais problemas nas gestantes. O excesso de progesterona na gravidez provoca uma lentidão no sistema digestivo.

Com o crescimento do feto, o espaço para funcionar o intestino é reduzido. Por isso, é importante consumir alimentos que vão aliviar a constipação, além de bastante água. Confira os principais:

  • Castanha de caju;
  • Linhaça;
  • Pepino;
  • Castanha do Pará;
  • Melancia;
  • Gergelim;
  • Cereais integrais;
  • Abacaxi
  • Espinafre

É importante evitar alimentos que têm muito condimentos, massas brancas, goiaba, doces, queijos e banana.

Vitamina B6

A vitamina B6 ajuda a controlar os enjoos durante da gravidez. Além disso, ela é responsável por controlar os hormônios femininos.

Além de suplemento, a vitamina B6 pode se encontrada nos grãos integrais, leite, peixes e vegetais.

Cálcio

O cálcio é um mineral responsável pela formação dos dentes e dos ossos, tanto da mãe como do bebê. Além disso, o cálcio ajuda a controlar a frequência cardíaca do feto e a desenvolver seus músculos e nervos. Ele também ajuda na produção do leite materno.

O cálcio é absorvido e fixado pela quantidade de vitamina D que está o organismo. Essa vitamina é produzida naturalmente pelo corpo, a partir da exposição de 15 minutos ao sol. Além disso, a vitamina D está presente em peixes gordos e ovos.

As principais fontes de cálcio são leite e seus derivados, salmão, couve, pão de centeio integral, brócolis, feijão, ovos e espinafre.

Ferro

O ferro é um mineral fundamental para aumentar o volume de sangue durante a gravidez, para fornecer o oxigênio para o bebê e contribuir para o seu desenvolvimento.

Esse mineral ajuda a desenvolver o sistema nervoso. A deficiência de ferro pode provocar mudanças na formação nervosa do ferro, reduzir a quantidade de sangue, acarretando num parto prematuro.

O ferro pode ser encontrado em vários alimentos como grão de soja, agrião, feijão, rúcula, fígado, espinafre, couve, carne vermelha, ovos, nozes, cereais e pães integrais.

Iodo

O iodo é responsável pelos hormônios T3 e T4 que regulam o metabolismo corporal e a tireoide. Ele é essencial para o desenvolvimento do sistema nervoso do feto. A sua ausência pode provocar vários problemas no desenvolvimento cognitivo do bebê.

Além do sal de cozinha, é possível encontrar iodo nos seguintes alimentos: leite, carnes, vegetais, algas marinhas, crustáceos e peixes.

Magnésio

O consumo de magnésio é imprescindível para evitar o risco de pré-eclâmpsia. Esse transtorno provoca inchaço no rosto da gestante, aumente da pressão arterial, expulsão de proteína na urina, inchaço nas mãos. Tudo isso pode levar a um atraso no crescimento intrauterino, sofrimento fetal e até ao parto prematuro.

O magnésio ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue do feto, combate azia, cãibra e cansaço da gestante. Ele pode ser encontrado nos seguintes alimentos:

  • Abacate
  • Banana
  • Espinafre
  • Amêndoa
  • Avelã
  • Tofu
  • Amendoim
  • Cereais integrais
  • Castanha de caju
  • Feijão

Proteínas

A partir do quarto mês de gestação, o bebê vai desenvolver músculos e membros, crescer, ganhar peso e formar a placenta.

Com isso, haverá aumento da necessidade proteica. A gestante precisa aumentar o consumo dos seguintes alimentos: ovos, feijão, pescados, leites e derivados, ervilha, carne, lentilha e grão-de-bico.

Zinco

O zinco é um natural antioxidante. Na gravidez, ele é principal responsável por formar as células do DNA, produzir os tecidos no corpo do feto, funcionar o sistema imunológico e auxiliar o seu crescimento.

Esse antioxidante pode se encontrado em lácteos, carnes, sementes de linhaça, frutas secas e castanhas.

As vitaminas para grávidas são imprescindíveis para a saúde do bebê e da própria mãe.

O que achou dessas dicas? Quer saber mais? Fale conosco aqui.

Por Debora Criativando
Baixe nosso e-book

Cadastre-se e receba novidades

    Falar agora.
    Chamar no Whatsapp!
    Olá! Tudo bem?
    Está precisando de ajuda?